Leitores Online

17 de fev de 2018

Rio de Janeiro sob Intervenção Federal


A violência vem crescendo em todo território do Brasil. O Rio de Janeiro em pleno Carnaval houve muitas mortes, arrastões, roubos, tiroteios, etc.

O presidente Michel Temer achou por bem nomear um General do Exército Walter Souza Braga Neto para intervir na área de Segurança Pública do Rio de Janeiro pela incompetência das Forças Auxiliares que estavam sucateadas e abaixo do nível dos bandidos de acordo com o armamento. O que o governo deveria fazer após uma operação da polícia militar nos morros era confiscar as armas modernas dos bandidos e entregar a polícia militar, federal e as Forças Armadas para modernizar e fortalecer o arsenal, e nunca, destruir um armamento tão estratégico e precioso, tudo indicando que as autoridadeds estão protegendo os bandidos para ficarem com armamentos superiores aos das Forças Auxiliares. Os bandidos estão com armamentos de guerra mais poderosos do que a polícia militar.

O Brasil, numa crise que os políticos alardeiam todos os dias; o presidente Michel Temer criou mais um Ministério para aumentar a crise, e com isso, fez uma transfusão financeira dos deslocamentos das trobas federais que a cada incursão chega a alguns milhões de reais tirando do bolso dos contribuintes.    Todo esse aparato militar não deixa de ser um paliativo que não vai chegar a lugar nenhum, os bandidos continuarão a enfrentar a polícia militar e a sociedade, causando pânico na população. 

Enquanto não houver uma ação estratégica nacional os bandidos continuarão matando, estão fazendo que estão combatendo a violência quando na verdade estão só dando férias aos bandidos que voltarão com mais violência depois da intervenção ou durante essa operação militar, quando precisamos de combate aos bandidos, através de uma intervenção cirúrgica em todo território nacional através de fechamento e fiscalização nas fronteiras com as Forças Federais instaladas definitivamente nessas áreas críticas para combater o narcotráfico, e todo tipo de contrabando, isso sim, era uma ação positiva do governo. O que estão fazendo é uma sangria corrupta dos cofres da União. Não estão interessados no combate ao narcotráfico, ao contrabando de armas e nem acabar com a violência, tudo não passa de uma farsa, ou uma pantomima para conseguir votos nas eleições de 2018, enganando a população.

Se o povo for inteligente não votarão em candidatos militares que depois de eleitos vai ser manipulados pelos militares, que por sua vez, vão fazer a mesma coisa que o Michel Temer vem fazendo pois, são fiéis aos banqueiros, aos magnatas, aos economistas e ao governo norte-americano, e continuarão a escravisar o povo através de leis austeras e impopulares. Por que os militares não reagem contra a corrupção e ao pseudo comunismo implantado no Brasil? Porque são coniventes com esse tipo de governo entreguista.

Vi na televisão dois bandidos armados com fuzis na entrada de uma rua em frente a um Batalhão da Marinha do Brasil e as sentinelas nada fizeram contra esses marginais, até que, um deles subiu no muro da Marinha e ordenou a um grupo que estava fazendo exercício no campo e disse: “Vão embora que vocês estão fazendo muito barulho e estão me incomodando” e os militares da Marinha obedeceram a ordem do bandido armado. Até as Forças Armadas estão com medo dos bandidos. Já não temos mais Forças Armadas como antigamente. 





Por: Ernani Serra
Pensamento: Não se extrai o câncer pela metade.
Ernani Serra