Leitores Online

27 de out de 2018

Os Banqueiros na Nova Ordem Mundial

Os banqueiros do FMI, Banco Mundial e outros são responsáveis pelas crises econômicas, financeiras e sociais dos países em desenvolvimentos, emergentes e do terceiro mundo.    

Antigamente esses banqueiros só davam empréstimos a esses países em crises se os mesmos determinassem para onde iria aplicar essas verbas e tinham seus secretários para fiscalizar essas aplicações monetárias. Os banqueiros não admitiam desvio de verbas para outras finalidades.

Hoje, os banqueiros emprestam de maneira indiscriminada mesmo sabendo que o país devedor não tem condições financeiras para pagar essa dívida em longo prazo e a juros compostos. A intenção é deixar esses países devedores em crises cada vez maiores que atingem não só os cofres do país como a própria nação (povo) e dessa maneira aquele país se torna escravo de uma dívida sem fim. 

O pior de tudo é que esses países devedores não podem pagar à dívida a vista, mesmo que pudessem os banqueiros não aceitam e esses países ficam presos a parcelamentos cada vez mais caros a um prazo infinito. É o sapo debaixo da pata do boi.

Foi o que aconteceu com o Brasil. Os banqueiros sabiam que o Brasil como um continente e muito rico poderia pagar essa dívida através de investimentos lucrativos, mesmo sabendo que as riquezas estavam sendo controladas por capitais estrangeiros e o mercado tomado por esses capitais internacionais, havia a chance de o Brasil se tornar uma grande potência do primeiro mundo caso esses financiamentos fossem bem sucedidos, então, os banqueiros através da política do seu país conseguiu corromper as autoridades brasileiras para fazerem de conta que estão aplicando as verbas recebidas e depois deixarem tudo pela metade, foi o que os presidentes do PT fizeram com o país.   Esses presidentes e as autoridades constituídas foram coniventes com a destruição dessas verbas e jogaram no lixo para que o Brasil ficasse sob custódia dos banqueiros.

Os banqueiros foram à causa da destruição do Brasil e as autoridades constituídas brasileiras foram os efeitos desse grande golpe intervencionista. 

Os banqueiros foram os corruptores dessa ação intervencionista mundial para viverem como hienas dos despojos pútridos dos países falidos em decadência econômica, financeira, moral e social.

O maior golpe foi na Petrobras que poderia tirar o país da crise, então tomaram de assalto com o aval dos corruptos políticos brasileiros através das privatizações e leilões, hoje, a Petrobras é uma multinacional disfarçada em nacional.

Infelizmente, o Brasil continua nas mãos dos banqueiros e sem recursos para saldar essa dívida gigante e sem fim e o povo é que está pagando o pato. 

Infelizmente, não aparece um presidente que tenha a coragem de livrar o povo de uma dívida política através de um calote por vinte anos, que libertaria o Brasil de todas as crises. Esses presidentes preferem sacrificar o povo em benefício dos magnatas da agiotagem internacional. 

O povo está se iludindo com esperanças vãs de candidatos a presidência da República do Brasil que prometem e nada vão fazer por esse povo crédulo e inocente. Vai continuar tudo como está e ainda pior por causa das Leis Austeras que ainda vem por aí. Essas leis austeras foram elaboradas por economistas dos EUA, portanto nenhum presidente tem a capacidade de desfazer o que já foi feito.   Todos esses candidatos a presidência são meros fantoches desse sistema monetário internacional e vamos continuar a ser manobrados e escravizados por esse sistema globalizante da Nova Ordem Mundial.







Por: Ernani Serra
Pensamento: O mundo está sendo monitorado pela Nova Ordem Mundial.
Ernani Serra